PAREDES COM VIDA

Paredes com vida arte urbana instalações urbanas jardim vertical 4

Gosto de gente que acredita que é possível transformar o mundo, ou simplesmente de quem acredita na ideia de que é possível mudar os contextos urbanos em ambientes mais agradáveis.

E assim o faz o Movimento 90º, um grupo formado por arquitetos e outros profissionais que querem transformar as paredes de concreto dos prédios das cidades em jardins verticais.

A primeira experiência temporária foi feita na Rua Augusta durante a Virada Cultural ainda em maio  de 2013. Outro jardim vertical também é possível ser visto  em um prédio do Minhocão, o primeiro jardim vertical em empena cega da América do Sul.

Uma parede de 220 metros quadrados também foi coberta com 19 tipos de plantas e sistema de irrigação e adubagem automatizados. Do outro lado, uma instalação artística da Escola São Paulo ocupa uma área de mesmo tamanho. O projeto foi uma parceria com a Absolut.

INSPIRAÇÃO

MANIFESTO

De forma pouco controlada, e com leis incapazes de orientar seu desenvolvimento, as grandes cidades brasileiras cresceram desordenadamente durante décadas. O resultado são lugares com adensamentos desproporcionais e infraestruturas ineficientes, criando um ambiente inóspito; poluído, feio e barulhento.

Uma alternativa pouco conhecida, mas rápida e economicamente viável para aplacar estes problemas, é equipar os edifícios dos centros urbanos com jardins verticais. É esse o objetivo do Movimento 90º: 

Imediatamente após a sua instalação, um jardim vertical atua fortemente na limpeza do ar; na regulagem térmica -­ tanto dos edifícios em que são instalados, quanto do ambiente ao seu redor; na diminuição de problemas acústicos; e em épocas secas, ajudam a aumentar a umidade relativa do ar. Além, é claro, de dar novo vigor ao aspecto estético das cidades. Existem centenas de espécies aptas a viverem nesse ambiente, e cada planta vira um elemento compositivo nesse painel.

 via: Movimento 90º

compartilhe este post
FacebookEmailGoogle+WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.